Buscar
  • Cristiane Geminiano

Ano novo, metas novas

Todo início de ano a história se repete. A gente faz uma lista de coisas que pretende modificar no próximo ano, mil promessas, metas e mais metas. Junto às promessas vem a cobrança e a culpa por estarmos aquém do que consideramos como ideal. Mas, que tal começar as metas de forma diferente? Que tal analisar todos os setores da sua vida de forma simples e trabalhar primeiro aqueles que estão mais carentes?

Já ouviu falar da Roda da Vida?



A Roda da Vida é uma ferramenta para verificar as quatro principais áreas da vida: Pessoal, Relacionamento, Profissional e Qualidade de Vida.


Com ela é possível identificar quais áreas da vida estamos focando mais nossa atenção e esforço e quais estamos negligenciando. Cada área é dividida em três setores.


A área Pessoal inclui Saúde e Disposição, para que você possa observar sua disposição, sua alimentação, seu estado físico, mental e emocional. Diferente do setor do Equilíbrio Emocional que veremos a seguir, aqui a emoção deve ser avaliada como um todo, não ao longo do dia e como você lida com ela. Aqui a avaliação é para a fase/período que está vivendo, tem se sentido triste, desanimado, ansioso ultimamente? O que está acontecendo na sua vida para te deixar assim? O que você pode fazer para mudar essa situação? Há algo que possa ser feito? Ou precisa aprender a lidar com alguma perda? Se está muito empolgado o que tem causado isso? Vale manter a empolgação? É passageira? O que pode fazer para se manter motivado? Lembre-se que as emoções podem trazer doenças graves.


Desenvolvimento Intelectual para indicar sua satisfação sobre o seu saber, os seus conhecimentos, suas habilidades, técnicas e estudos. Quais cursos precisa ou gostaria de fazer? Que conhecimentos gostaria de adquirir? Está estudando no momento? Pretende estudar? Aqui inclui leitura também. Quais livros gostaria de ler, tem conseguido dedicar algum tempo para leitura e estudos? Costumamos nos cobrar muito sobre colocar a leitura em dia, mas se você está estudando, as leituras do curso também contam. Então pare de se cobrar e compreenda que esse tempo vai passar e aí poderá voltar a incluir outras leituras na lista de desejos.


O Equilíbrio Emocional ajuda a compreender como você tem lidado com suas emoções ao longo do dia e a prestar atenção se suas emoções têm grandes oscilações, se uma hora está bem, e em seguida seu humor cai. Existe um padrão? Por exemplo, algumas pessoas tendem a ficar mais deprimidas ao anoitecer, ou ansiosas, e muitas vezes acabam comendo mais. Outras pessoas se sentem mais dispostas e alegres pela manhã, outras após o almoço. Observar suas emoções ao longo do dia pode ser determinante para que seus projetos saiam do papel. Por exemplo, pessoas mais dispostas pela manhã tendem a aprender mais neste período, se uma pessoa com este perfil se matricular num curso noturno, onde a energia e disposição dela já está no limite, não haverá progresso no estudo.


No âmbito dos Relacionamentos, como está sua Vida Social? Tem visto os amigos? Você se permite sair para conversar, relaxar, ter convívio social? Ou tem focado nos afazeres de casa, filhos e trabalho? Saiba que o convívio social é extremamente importante para as outras áreas da sua vida como sua saúde mental, física, emocional, profissional e intelectual.


Família é o primeiro grupo de pessoas que convivemos e o mais frequente. Apesar da frequência, nem sempre estamos presentes, principalmente nos dias de hoje, onde vivemos conectadas, atarefadas, sempre trabalhando, principalmente se você empreende, tem várias funções na empresa e gosta de acompanhar todos os processos. Aqui mora o perigo. Sobretudo se você trabalha home office e administra as tarefas da casa, filhos e trabalho ao mesmo tempo. O trabalho de cuidar - direto, como banho, alimentação, troca de fraldas, e o indireto, como a limpeza da casa - demanda muito do nosso tempo e, nesse caso, só deve ser contabilizado para o quesito dedicar um tempo à família se houver entrega e prazer, sobretudo se envolve o contato com crianças e idosos, que requerem carinho, amor e dedicação e paciência. Aqui também devemos incluir parentes próximos que fazem parte da nossa vida e do nosso convívio, mesmo não morando na mesma casa. Qual o tempo e atenção dedicados a eles? Como está seu relacionamento com estas pessoas? Passear com o cachorro e fazer carinho no gato também contam aqui, pois eles são membros da família, não é mesmo?


Como está o relacionamento Amoroso? Como está sua relação com o parceiro ou parceira? Como está seu coração? Se sente bem, está feliz com esta pessoa? E com você mesmo? Como está sua autoestima? Seu autoamor? Tem sido fiel às suas convicções e seus valores? Tem se respeitado? Lembre-se que para estar bem com outra pessoa, primeiro é necessário estar bem consigo mesmo.


A área Profissional inclui Recursos Financeiros, onde você avalia como estão suas finanças. Qual quantia te traria satisfação? Está conseguindo poupar ou investir? Suas qualificações profissionais são condizentes com seus ganhos? Manter seu estado atual financeiro te trará prosperidade ou é necessário rever os gastos e ganhos?


Realização e Propósito onde você avalia se está trabalhando apenas para pagar as contas ou por paixão. Faz sentido para você no que está trabalhando? Está feliz e realizada com seu atual cargo ou posição? Na Contribuição Social você avalia de que forma está contribuindo, através do seu trabalho para uma sociedade melhor, quanto o seu trabalho interfere positivamente na vida de outras pessoas.


Na área da Qualidade de Vida você avalia como está sua Criatividade, Hobbies e Diversão. Tem trabalhado muito e esquece de se divertir? Como está sua criatividade? A pausa no trabalho e na rotina ajuda a ativar a criatividade. Dedicar um tempo para Hobbies e Diversão é fundamental para corpo, mente e espírito.


A Espiritualidade também deve ser avaliada na Qualidade de Vida. Se você não tem uma religião, pode considerar algo que acredite, que faça sentido sua existência. A conexão com o Eu Maior, com algo que te move e faz sentido para você. Seja o Universo, a Natureza ou Plano Superior. Em que você acredita? Como cuida do seu espírito? Oração? Reza? Meditação? Seja lá o que for, qual a frequência?


Plenitude e Felicidade completa a tríade da qualidade de vida e fecha a roda da vida. Esse é o último item da roda propositadamente porque para que você esteja feliz e realizada, todos os outros setores devem estar alinhados. Quanto você olha para dentro de si? Sente alegria de viver? Acorda animada e inspirada? Olhar para seu redor, para dentro de si e se sentir parte do todo deve fazer sentido para você e ter consonância. A vida pode estar mil maravilhas, mas se dentro de você houver confusão mental e emocional, algo precisa ser reavaliado.


Clique aqui para baixar o questionário e a roda da vida



Como preencher a Roda da Vida


Analise cada área da sua vida e estabeleça uma nota que equivale ao seu grau de satisfação, sendo nota 1 para o menos satisfatório e 10 para mais satisfatório. Elaboramos um questionário para te ajudar a refletir sobre cada um dos setores.


Ao final do preenchimento, observe quais áreas estão precisando de atenção. Escolha até três para começar a trabalhar nelas. Não é necessário obter nota máxima em todas elas, você é quem vai determinar qual seu ideal para uma vida plena. Estabeleça um prazo para alterar a nota das áreas escolhidas e reavalie sua roda periodicamente. Em média, três meses é um prazo considerado adequado para reavaliação, mas cada caso é um caso, você é quem determina seu prazo, no seu tempo. Algumas áreas podem precisar de mais tempo que outras, sobretudo para projetos mais longos, como um curso de graduação, por exemplo.


Boa avaliação e feliz 2020!


310 visualizações

© 2020 Jorconteudo

Sigam-nos os bons!

(11) 94084-9979
  • Branca Ícone Pinterest
  • Fanpage Jorconteudo
  • @jorconteudo